Comissão apresenta as seis candidatas ao título de Rainha Nacional do Milho 2018

Comissão apresenta as seis candidatas ao título de Rainha Nacional do Milho 2018

As candidatas que vão disputar a coroa da Rainha Nacional do Milho 2018 foram apresentadas nesta segunda-feira, 26, em uma coletiva de imprensa realizada na sede do Sindicato Rural de Patos de Minas. Em comemoração aos 60 anos de Fenamilho, este ano, seis candidatas foram escolhidas, são elas: Danielle Wenceslau de Andrade Nunes, Júlia Macedo Boaventura Bese, Larissa Silva Godinho, Maria Clara Simão Araújo, Maryna Augusta Lima e Thalia Morgana Silva. As jovens frequentaram a Escola de Rainhas, junto com as outras pré-candidatas, onde puderam adquirir conhecimentos e experiências passados por profissionais voluntários e assim todas foram avaliadas igualmente.

Diferente das últimas seleções, este ano foi a própria Comissão do Concurso que escolheu as candidatas. A presidente da Comissão, Magda Cruvinel, explicou que a mudança foi devido ao fato da comissão acompanhar de perto as aulas e poder avaliar melhor a evolução de cada uma durante esse processo de aprendizado. Os quesitos analisados foram postura e elegância, beleza e simpatia, desenvoltura e comunicação lógica e clara.

Danielle tem 20 anos e é filha de Reginaldo de Andrade Nunes e Cléia Wenceslau de Andrade Nunes. Está cursando faculdade de Nutrição e tem o objetivo de obter muito conhecimentos para alcançar o sucesso profissional. Deseja realizar o sonho de ser eleita a Rainha de uma das maiores festas do Brasil e levar o melhor do povo patense para região.

Júlia tem 18 anos, é filha de Norberto Rosa Bese e Regina Macedo Boaventura e é enteada de João Nazário Gonçalves. Pretende finalizar o curso de Direito e prestar concurso para o Ministério Público. Sonha em representar a beleza de Patos de Minas como Rainha Nacional do Milho e participar de perto da maior Festa de Minas Gerais.

Larissa tem 22 anos e é filha de Sinval de Deus Godinho e Maria das Dores Silva Godinho. Estudante de administração, deseja concluir o curso e ter muito sucesso. Seu objetivo é representar Patos de Minas por todo o Brasil, levando o carisma e a alegria dos patenses.

Maria Clara tem 17 anos e é filha de Clóvis Araújo de Paulo e Lara Daniela Simão Araújo. Deseja adquirir novas experiências e crescer como pessoa e profissional. Desde criança, se sente fascinada pelo Concurso e ao acompanhar as Eleições, cresceu o sonho de participar e representar Patos de Minas.

Maryna tem 17 anos e é filha de Cláudio de Lima e Adriana Augusta Lima. Pretende se formar em engenharia civil e conciliar o trabalho com projetos sociais para ajudar a população de Patos de Minas. Espera representar a força da mulher patense e ter a honra de elevar o nome da cidade.

Thalia tem 20 anos e é filha de Maurício Batista e Hélia Elias. Deseja graduar-se em Ciências Contábeis e ser uma excelente profissional. Seu maior incentivo é a família e por morar em fazenda e seu pai ser pecuarista, sonha em fazer parte da Fenamilho e ser a Rainha dessa Festa rural.

Nas aulas da Escola de Rainhas, por meio de oficinas de comportamento, vestuário, etiqueta social, cabelo e maquiagem, teatro, postura e passarela, oratória e comunicação, cuidados com a pele, juventude, família, valorização da mulher, moral e ética, as jovens aprenderam muito.

A diretora da Escola e membro da comissão, Amélia Miranda, destacou o compromisso e o progresso de todas as participantes. “As meninas se esforçaram, foram pontuais e tiveram uma excelente evolução durante as aulas. As seis escolhidas se destacaram e conquistaram o seu lugar por mérito próprio. Mas, devemos parabenizar a todas pelo compromisso e dedicação.”

O Concurso é um dos eventos mais tradicionais e é realizado desde a primeira Festa. Além de elevar a beleza da mulher patense, ele tem mostrado a importância de proteger o legado cultural e valorizar as tradições.

Agora, as candidatas começam suas campanhas e no dia 24 de maio, às 20h, no Paiolão do Parque de Exposições, uma delas será eleita Rainha Nacional do Milho 2018.